Recursos

Você está vivendo ou existindo?
28 de Maio de 2018

Por mais incrível que pareça, existem muitas pessoas, que não sabem a diferença entre viver e existir. Como assim? E tem diferença? Com certeza. Uma pessoa que está apenas existindo está no modo autômato, isto é, apenas executa sua rotina e não percebe a vida passar. Ela apenas executa tarefas, seja na vida pessoal, seja na vida profissional.


A vida está passando e o tempo é algo que não podemos recuperar. Pesquisas revelam que quando se entrevista pessoas, em estado terminal ou em avançada velhice, sobre o que mais elas se arrependem, não é sobre o que elas fizeram que mais dói e sim o que não fizeram.


Elas percebem que elas deveriam ter vivido mais, amado mais, corrido mais riscos, enfrentado mais seus medos, que a vida poderia ser mais leve, relevando ofensas que na época tinham tanto valor e hoje não valem nada.


Viver é entender que a nossa vida é única, que é escrita uma vez só e que provavelmente não teremos tempo para passar o rascunho a limpo. Viver é entender que o erro nos lembra de que não somos deuses e sim humanos. Viver é perdoar e se perdoar, aprender com os erros e seguir em frente.


Viver é saber que não importa a fase que você está vivendo, se boa ou ruim, ou se você está no começo da caminhada ou até mesmo cansado de tanto caminhar. Viver é saber que a felicidade não está no destino, e sim em fazer de cada passo um momento único e inesquecível, é gravar na memória cada sorriso, cada lágrima, cada dor e cada detalhe para que lá no final a gente possa dizer – a minha vida valeu a pena.


Lembre-se o tempo não para, a cada dia somos mais velhos do que ontem e mais novos do que amanhã. E o você o que tem feito do dia de hoje? Tem vivido ou apenas existido?
 

Ops! Ocorreu um erro favor contatar o suporte técnico.